(anotei no celular esses pensamentos em julho do ano passado, mas só hoje tirei tempo de publicar, leiam como se 2019 fosse.) amo voar. primeiro pela magnífica engenharia envolvida em levantar um pássaro de metal de 40 toneladas com cento e poucas pessoas dentro para o céu. a mágica da ciência em sua performance perfeita … Continuar a ler