fui abençoada por minha Maria Valéria. estava preocupadíssima, claro. e com todo seu senso prático, pensando em todos os problemas que posso vir a ter no Mato Grosso. e se adoece, quem é que vou chamar pra cuidar? há poucos dias ligou toda chorosa só pra dizer que estava com dor de barriga… tsc, tsc, tsc… e largar assim um emprego sério, de carteira assinada, numa empresa boa, ir pra uma cidade desconhecida sem nem ganhar o dobro! e se o custo de vida for mais caro? e o aluguel? não tem nem geladeira?!

não, ela não me disse nada disso, mas eu sei que era nisso que ela estava pensando. apenas conversamos um tanto e ela sentiu que o que eu quero da vida e me abençoou. disse que eu tenho que ir mesmo e que tem certeza de que eu serei feliz e que terei sucesso – ainda que entendamos por esta última palavra coisas diferentes. de todo modo, seu coração sabe o que o meu sente. a cada volta da vida fico mais admirada da força dessa mulher. seu coração vai ficar pequenino, apertado, angustiado com a cria assim tão longe, mas mesmo assim resiste, sorri, me abraça e diz que eu tenho que ir sem pensar nela. minha Maria Valéria é danada. a mulher mais incrível do mundo.

(só não o que eu faço com esse nó na garganta)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s