Só mais uma história de amor

Trabalhavam perto, se viam todo dia. Ele estava triste, precisando de amor. Ela estava machucada, precisando de amor. Ele queria alguém para amar, ela precisava de amor para limpar seu corpo. Ele fumava, e um dia ela não lhe deixou acender outro cigarro – queria ser beijada. Já não lembra mais exatamente em qual esquina foi, mas jamais vai esquecer a magia que sua cabeça fantasiou naquele momento. Lembra da avenida, da bicicleta interrompendo o beijo e do quanto se transfiguraram em unha e carne naquele instante. Soube imediatamente que o corpo dele foi feito para abraçar o seu e que os olhos dele não pertenceriam a mais ninguém. Acreditou que era para sempre até quase o fim. E talvez acredite ainda, porque ainda vê seus fantasmas sentados no mesmo banco, alheios aos mendigos que tomaram conta da praça. Todos os dias, depois do almoço, eles se sentam no mesmo lugar e a sombra pálida dos seus dedos passeiam pelos cabelos fartos, apertam os dedos da outra mão que naquele momento parecem tão maiores e mais poderosas, capazes de segurar toda a sua dor. Brincavam de brigar e brigavam brincando o tempo todo.

– Cretino!
– O que foi?
– Crê – ti – no!
– O que que tu é?
– Louca por ti!

Não lembra quando foi a última vez que ouviu isso, nem quando, amparada num abraço, ouvia-o dizer que seu coração batia por ela. Fizeram promessas que não podiam cumprir, mas como todas as pessoas que se apaixonam, não sabiam disso. Tenta desesperadamente se lembrar quando foi que brincaram pela última vez porque tem certeza que foi depois disso que tudo deu errado. Mas não lembra, faz muito tempo. Nem sabe mais se o que sente ainda é amor, mas sabe que sente remorso e culpa e que precisa de perdão. Ela nunca mais foi erguida pela cintura para que suas bocas se tocassem, num abraço onde não cabia mais nada além de suas almas. Ela acredita que jamais terá amor, se não tiver perdão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s