É um amontoado de osso, pele enrugada e alguma carne encolhida na porta de um velho estacionamento, estrategicamente próxima de um ponto de ônibus. É Maria e sua saia rota lembra com são frias as noites de outono. Acredita na Providência Divina e na bondade das almas viventes. Sempre sobra alguma coisa. Alguns dias mais, outros menos. E algumas vezes, uma alma realmente muito boa, ou muito culpada, paga uma refeição completa. E assim se vive.

One response to “

  1. Palavras que nos fazem olhar para o mundo quando, com a correria do dia, passamos por ele de olhos fechados.Bom “te ler”.Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s