eu tenho uma mente inquieta.

extremamente inquieta.
às vezes minha mente fica tão cheia de pensamentos que é impossível controlá-los.
nem meditação resolve – e estou fazendo aulas de meditação! 
às vezes minha mente fica frenética, insana. 
muitas vezes eu desejei ter uma penseira, como o Professor Dumbledore, onde eu pudesse depositar os pensamentos que não quero que e invadam a qualquer instante, onde eu pudesse buscar os pensamentos antigos quando achasse que eles poderiam me ajudar com o presente.
mas não existem penseiras no me mundo. 
e não dá pra colocar pensamentos fora, fechados em um saquinho, esperando o caminhão do lixo passar. 
também não dá pra comprar pensamentos novinhos em folha, reluzentes, porque o número em geral não serve ou eles apresentam defeitos inesperados. 
preciso aprender a reciclar meus pensamentos. 
transformar o que não quero mais em outras coisas. 
reciclar a mente sempre que ela parecer cheia demais. 
por isso fiz a tatuagem. para nunca mais esquecer que não dá pra simplesmente jogar pensamentos fora, é preciso fazer alguma coisa com eles.
Anúncios

One response to “

  1. Como diz Nietzsche:Mas por que você escreve?- Cá entre nós, meu caro, eu não descobri ainda outra maneira de me livrar de meus pensamentos.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s