Convivendo com a seca

tenho visto nos noticiários que o povo do Sudeste está sofrendo com a baixa umidade do ar. até mesmo no litorâneo Rio de Janeiro a umidade está baixa nesses dias. pois aqui segue um sortimento de dicas para melhorar a qualidade do ar dentro de casa, pra quem não está acostumado com a seca.

  • centrifugar a roupa é um desperdício de água preciosa, torça a roupa com as mãos, o suficiente para tirar o excesso de água. enquanto a roupa seca, o ambiente fica mais agradável.
  • lave roupa de noite e estenda no quarto, na hora de dormir. aqueles varais móveis são perfeitos para isso. a roupa amanhecerá seca e você terá dormido muito melhor.
  • molhe os tapetes pela casa. não os carpetes nem os tapetes caríssimos e enormes claro! falo daqueles tapetinhos de cozinha e banheiro.
  • umidificadores frios não consomem tanta energia quanto os de vaporizadores de ar quente, vale a pena investir em um. além de umidificar, eles refrescam o ambiente, ideal para Cuiabá, por exemplo.
  • não tem roupa suja hoje? mergulhe suas toalhas em um balde com amaciante e estenda perto de você. serve só molhar com água normal, mas eu acho que elas ficam meio duras e mal cheirosas.
  • fique alerta: dor de cabeça, olhos ardendo e pigarro inexplicável são sinais de que seu corpo está reagindo mal ao ar seco. tome mais água, muito mais.
  • evite caminhar na rua nos horários mais quentes. a combinação ar seco, concreto, asfalto e poluição de veículos vai tornar tudo pior.

nessa época do ano eu aposento quase totalmente a máquina de lavar roupa. deixo somente para as coisas pesadas como lençol e toalha e mesmo assim, não centrifugo essas roupas. em geral, lavo minha roupa à mão, todos os dias ou dia sim dia não, e estendo na peça da casa onde vou passar mais tempo.

e se tiver que dormir de ar condicionado, deixo a roupa pingando mesmo, a valer. o quarto vira um pedacinho de paraíso. coisas que aprendi vivendo em Cuiabá, onde ar condicionado não é luxo, é qualidade de vida.

ah, e para as queimadas nessa época do só tem uma solução: fiscalização e o rigor da lei. se tem fogo, alguém botou! essa história de bagana de cigarro provocando fogo acidental é historinha pra boi dormir. já botei fogo em lixeiras com uma bagana de cigarro, sim, nessa época qualquer brasa acende tudo em volta. mas haja fumante espalhado pelas fazendas, unidades de conservação e beiras de estradas, hein?

alguém aí tem mais truques para combater o ar seco?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s