você sabe que está em uma cidade sem cidadãos cientes dos seus direitos e participantes ativos da gestão da coisa pública quando coisas absurdas acontecem e ninguém se manifesta.

há alguns dias peguei um ônibus novo em Campo Grande. limpinho, sem aquela barulheira que parece que vai desmontar na próxima curva, uma beleza. e com a consolidação de um absurdo sem tamanho: ausência do assento do cobrador na roleta. em Campo Grande, o cartão eletrônico de passe serviu para que as empresas eliminassem os cobradores de seus quadros.

não foi do dia pra noite. eu já havia notado que algumas empresas não tinham mais o cobrador, quem cobra o passe dos que ainda pagam em dinheiro é o motorista. além de digirir e dar o troco, ele tem que ter certeza de que liberou a roleta para a pessoa certa. eu acho temerário, mas o código de trânsito não proíbe.

pois o ônibus novo consolidou a coisa. não tem volta, os novos veículos não têm mais nem o lugar pro cobrador sentar. e foi uma linha que até um mês atrás ainda os tinha. ou seja, provavelmente temos novos desempregados na cidade.

e ninguém reclama. nenhum protesto das centenas de cobradores que viram seus empregos se transformarem em uma máquina. nem dos motoristas, obrigados a acumular uma função que, na minha opinião, desvia a atenção deles do principal, que é o trânsito nada gentil a sua volta.

tente fazer isso em Porto Alegre.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s