papo mulherzinha: depilação a laser

esse vai ser um papo mulherzinha. marmanjos, se não quiserem saber sobre intimdiades práticas femininas, podem parar por aqui.

comecei um processo de delipação a laser. axilas e virilha completa com extra. ri muito desse tal de extra quando fui fazer a avaliação e o orçamento. acho engraçadíssimos esses eufemismos que todo mundo que trabalha com depilação usa pra falar do fiofó. porque não depilação completa – virilha e ânus? todo mundo sabe que os dois buraquinhos são perto e, portanto, os pêlos também… mas tergiverso. o fato é que me cansei dessa história de depilação. não tenho paciência nem pra ir na manicure regularmente, imagina depilar.

nas axilas tenho pouco pêlo, a maquininha funciona lindamente, sem dor nem estresse. mas cansei amarrar o cabelo no banheiro do shopping e me dar conta que esqueci de passar a maquininha. sempre acontece. já na virilha as coisas são problemáticas. sempre encrava. não importa o método, e acho que já tentei todos. tenho o que se chama foliculite, aquelas pequenas espinhas que se formam quando o pêlo quer sair e parece que erra o caminho.

durante muito tempo eu não me importei muito em ficar cabeluda. depilava uma vez por mês, às vezes nem isso. mas a pessoa casa e quer ficar usando lingerie sexy pra distrair o marido e aí a necessidade aparece. tenho a sorte de ter um marido para quem os meus pêlos são problema meu – e acho que não teria paciência pra um que reclamasse mesmo -, mas nada fica muito sexy com pêlos aparecendo por baixo do elástico.

daí esses tempos uma amiga me contou que fez delipalação nas axilas com um método chamado gás-laser. contou que doeu como o inferno na hora mas depois ficou tudo lindo. bastou uma aplicação e foi bem mais barato do que imaginávamos, algo entre R$ 300 e R$ 400. problema: o lugar que ela fez fica em BH. ok, eu vou a BH pro show do Judas, mas daí pensei: embora tenha bastado uma aplicação pra axilas, elas têm bem menos pêlos que o conjunto perereca+fiofó.

daí saí a cata de um lugar confiável aqui em Campo Grande. outro problema: não conheço quase ninguém aqui e todas as vezes que pedi indicações de coisas mulherzinha pras mulheres daqui não obtive sucesso. parece que nenhuma mulher das minhas relações aqui em Campo Grande precisou de um sapateiro ou uma costureira na vida. é sempre bom falar com alguém que tenha ido a um lugar e conte como é, mas na ausência disso sobra a combinação internet+instinto. achei um lugar especializado em depilação a laser. eu não queria uma clínica estética que fizesse pé e mão e depilação a laser. sei lá, não me parece confiável o suficiente pra uma coisa tão séria.

a avaliação foi legal, tudo explicado detalhadamente. o cálculo do número de sessões depende do tamanho da área e da grossura do pêlo. o método é laser normal, nada de gás como o da minha amiga. usa uma parelho conhecido como Soprano, que mais parece um daqueles trecos de ultrassonografia que esfregam na gente com uma boa camada de gel muito gelado. serão 10 sessões e vai sair quase 2 contos tudo, divididos em 10 vezes. caro. mas topei porque a explicação me convenceu. entre cada sessão tem intervalos entre 45 e 60 dias. o método é pra acabar mesmo com todos os folículos de pêlo, que possuem ritmo diferente de crescimento. então em 10 sessões com esses intervalos as chances de o laser atingir realmente a todos são perto de 100%. ou seja, vai levar quase um ano pra me livrar de todos os pêlos da linha do elástico da calcinha até o fiofó e das axilas. mas não vou ter mais problemas com foliculite, irritação, coceira, ardência ou vestidos sem mangas. nunca mais. bueno, pra ser precisa, nunca mais contando que eu não tenha alterações hormonais que estimulem o crescimento de pêlos corporais tais como gravidez. mas mesmo que retornem, a probabilidade que sejam poucos é grande.

agora vamos ao que toda mulher que leu até aqui quer saber. dói? sim, como pequenas agulhadas com um grande calor que parece que vai queimar. pra mim não foi uma dor excruciante, foi bem parecido com o desconforto das tatuagens, adicionando-se o calor.

não fiz axilas ainda porque há pouco eu tinha depilado com a máquina que arranca, então tem que deixar crescer, raspar com gilete, e então aplicar o laser. ou seja, não sei se a sensação na axila é diferente, já me avisaram na clínica de depilação que é mais intenso, porque a área é menor.

na virilha, a parte que mais doeu foi imediatamente acima da abertura dos lábios, o mesmo lugar onde dói mais com a depilação com cera. também doeu mais bem perto da mucosa dos lábios. a propósito, os pêlos sobre a mucosa vão permanecer lá, não se pode passar laser nesse tipo de tecido porque queima onde não é pra queimar. estão se perguntando se doeu no extra, né? não. não doeu. nadinha. foi o lugar mais tranquilo de tudo. um passeio no parque.

a sessão toda levou cerca de uma hora, mas só porque tem vários passos pra coisa toda. a aplicação do laser não foi mais que 10 segundos sobre cada área. a área é medida conforme a densidade do pêlo e a cor da pele, porque essas coisas interferem na intensidade do laser e no tempo de aplicação. a perereca foi dividida em umas 4 áreas, não lembro direito.

a recomendação era de depilar com gilete ante da sessão, eu fiz na noite anterior e quando cheguei lá a técnica que fez a aplicação pegou uma gilete e raspou mais, no seco. foi uma merda, então recomendo fazer o que não fiz e raspar um pouco antes de ir pra sessão, no sentido do crescimento do pêlo e no sentido contrário.

a recomendação final é passar uma determinada pomada dermatológica três vezes por dia durante três dias. hoje é o terceiro dia. só escrevi hoje porque queria ter certeza de que tudo saiu bem. até agora não tive nenhuma reação estranha. nenhuma irritação, nenhuma coceira, tá tudo normal. me disseram que os pêlos vão crescer “normalmente” nas primeiras vezes, mas em alguns dias eles vão cair sozinhos no banho. vamos ver como a coisa progride ao longo das 10 sessões, mas estou tranquila de que vai ser satisfatório. depois eu conto como foi com as axilas.

pra quem quiser mais detalhes técnicos, olhem o vídeo da clínica de depilação:

3 responses to “papo mulherzinha: depilação a laser

  1. vou esperar seu sucesso para cria coragem. Boa sorte na sua jornada!! Na minha opinião uma das vantagens de ser casada é não se preocupar em ficar sempre depilada. Mas o pior é que nós que somos as encanadas!!!!

  2. Queria muito ter feito uma depilação dessas! Vou acompanhar tua experiência, quem sabe ainda faço. Mas tenho um pouquinho de medo do laser lá na periquita hehe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s