Delicadezas da vida

Ouvi um barulhinho na minha porta. Silenciou e dali meio minuto voltou. Afinei o ouvido. Asas? Devem ser morcegos sob o telhado novamente, não foi na porta. Mais barulhinhos, algo se debatendo contra a porta. Morcegos não colidem com portas. Pensei: passarinho preso no corredor! Eu moro no quarto piso, na última porta do último canto do corredor, que tem todas as janelas bloqueadas, nenhuma abre.

Esses dias eu já tinha “guiado” um sabiá para fora do edifício, estava entrando e me deparei com o pobrezinho se batendo contra uma das janelas. Teria sido mais fácil deixar ele entrar em casa, a porta é de frente para a janela, mas tem um gato meio do caminho. Mas no momento em que eu abrisse a porta, Pingo acionaria o modo ataque – e ele é um gato grande, jovem e ágil de quase 6 quilos, acostumado a pegar mariposas e lagartixas no meio da parede. Pobre sabiá, visivelmente cansado, sairia da panela direto para a frigideira. Custou uns bons 15 minutos para ele entender que o caminho era para baixo.

Mas hoje era diferente, porque eu estava dentro de casa. Tranquei Pingo no quarto, abri bem as janelas da sala e da cozinha e abri a porta. Era um daqueles passarinhos menores que a gente chama lá no Sul genericamente de tico-tico. Entrou rápido, voou para a cozinha, pousou uns bons segundos sobre a pia e achou o caminho da rua.

Pingo está ressentido comigo. Ouviu e cheirou a presa deliciosa na sala, ficou raspando as garras na porta do quarto. Mas ele vai superar. Já eu, ganhei o dia. São essas pequenas coisas que fazem a vida ficar bonita.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s