enchentes

vim para o pantanal pra descobrir que minha alma é como esta planície onde a água não sobe, se espalha. a poesia que me desnuda a alma às vezes transborda em prosa – não há verso que contenha minhas enchentes. aqui, nesse céu de poucas estrelas, tem dias que me faz falta a via láctea que contemplava da minha rede, lá pra cima, perto da floresta. eram dias simples. eu preciso de dias simples. eram mesmo?

deviam ser, porque hoje mais que tudo eu queria minha rede na varanda, pitando meu cigarro devagarinho e pensando em nada. tem pensamento demais dentro de mim nesses dias. pensamentos, ansiedades, desejos e essa coisa inquieta, esse bicho carpinteiro no coração. pra piorar, o colar de contas em que coleciono uns dias mais vividos que outros ganhou mais umas contas cinzas e rubras. tristezas e revoltas, lembrando que sempre tem uns dias que a gente não queria ver, mas vê. vê, sente, quase não entende, mas vive. e como se vivem esses dias pequenos, cheios de imensidão que transborda tudo.

transborda sim, porque a gente tem bordas, divisas, fronteiras, bem como nos mapas. linhas imaginárias, que ninguém vê de verdade andando por aí, mas acredita nelas porque estão lá nos mapas. só que a gente sai andando, vai em frente, sem saber bem onde é que elas ficam de verdade, e mais uns passos adiante acaba entendendo porque elas existem. de repente a gente não está mais onde achava que estava. pronto, passou a borda, cruzou a divisa, a fronteira ficou lá’trás e a gente fica na dúvida se volta ou não. volto? sigo?

mas nem tem muito o que pensar, porque já transbordou, e a água não tem limite, segue e vai, a gente prestando atenção no caminho ou não. sigo. eu sempre sigo. mesmo quando não sei bem pra onde. eu sempre sei de onde vim e isso é que é o bonito da estrada. sigo. mesmo quando queria mais era ficar quieta, escondidinha, olhando a estrada. mas não tem jeito. sou estrada. e estrada sempre vai, nunca fica.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s